quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Hackers contra Belo Monte tiram página da Aneel do ar

Ativistas que protestam contra a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, tiraram desde a manhã desta terça-feira o site da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) do ar.


Segundo a assessoria de imprensa da Aneel, o movimento “Diga não a Belo Monte” se organizou na madrugada desta terça-feira pelo Twitter e tira a página do ar sempre que os técnicos da agência reguladora tentam normalizar o serviço.
O hacker conhecido como Havittaja chegou a publicar no microblog, na madrugada de terça-feira, que o site da Aneel seria atacado. O ativista também admite a autoria de ataques ao site do Ministério do Esporte, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, da Brigada Militar do Rio Grande do Sul e da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro.
A invasão do site da Aneel atrasa o início da reunião da diretoria colegiada do órgão que vai decidir as novas regras para revisão de tarifas de energia elétrica. O início da reunião estava marcada para as 9h, mas não havia começado até as 10h10 desta terça.
As obras para a hidrelétrica de Belo Monte são alvo de críticas e recorrentes liminares que determinam a paralisação do projeto. Ativistas e índios moradores de Altamira, no Pará, protestam contra a construção, por acreditarem que a obra trará prejuízos às populações ribeirinhas. A obra da usina está parada por meio de liminar judicial no leito do rio Xingu, mas a construção segue nas demais áreas do projeto.


(Portal Terra, 09.11.2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar!